Prémio BPI "la Caixa" Infância para apoiar projetos que facilitem o desenvolvimento integral e a saúde de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social, assim como o reforço de competências parentais.

Foram distinguidos 31 Projetos na 2ª edição do Prémio BPI "la Caixa" Infância, destinados a facilitar o desenvolvimento social e educativo e a saúde de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade, incluindo o reforço de competências parentais.

No total foram recebidas 146 candidaturas, um número que reflete a relevância deste tema. Os projetos distinguidos revelam várias respostas sociais, ainda mais prementes dado o agravamento do contexto social provocado pela crise pandémica, onde se incluem: promoção do sucesso escolar, desenvolvimento de competências comportamentais e digitais, atividades extracurriculares, capacitação parental e de todo o agregado familiar, terapias de desenvolvimento precoce e incentivo à leitura, entre outros.

O Prémio Infância é uma iniciativa conjunta do BPI e da Fundação ”la Caixa”. As duas entidades estabeleceram um acordo de colaboração para o desenvolvimento de projetos de carácter social e cultural em Portugal após a entrada do BPI no grupo CaixaBank.

O Júri analisou e selecionou os projetos que considerou mais sustentáveis, mais inovadores e com maior impacto social. Foram distinguidos os projetos das seguintes 31 instituições:

- Academia dos Champs;
- Ajuda de Mãe - Associação de Solidariedade Social;
- Amigos da Montanha;
- ART - Associação de Respostas Terapêuticas;
- Associação do Centro Social de Escapães;
- Associação de Solidariedade Social Viver em Alegria;
- Casa do Povo de Resende;
- Casa do Povo de Santo António;
- Casa do Povo do Concelho de Óbidos;
- CCD DESPORTALEGRE;
- Centro de Caridade Nossa Senhora do Perpétuo Socorro;
- Centro de Solidariedade de Braga - Projecto Homem;
- Centro Solidariedade e Cultura de Peniche;
- Cercimor, CRL;
- Cruz Vermelha Portuguesa - Delegação Arcos de Valdevez;
- Cruz Vermelha Portuguesa - Delegação de Coimbra;
- Focus, CRL;
- Fundação Rui Osório de Castro;
- Fundação Santa Rafaela Maria;
- Gondomar Social - Associação de Intervenção Comunitária;
- Instituto de Desenvolvimento e Inclusão Social - IDIS;
- Liga dos Pequeninos;
- Mundo A Sorrir;
- PASEC;
- Pressley Ridge - Associação de Solidariedade Social;
- PROBRANCA - Associação para o Desenvolvimento Sócio-Cultural da Branca;
- Santa Casa da Misericórdia da Ribeira Grande;
- Santa Casa da Misericórdia de Alcáçovas;
- Santa Casa da Misericórdia de Miranda do Douro;
- Santa Casa da Misericórdia de Montemor-o-Velho;
- Santa Casa da Misericórdia de Vila Nova de Gaia
 

Mais sobre os prémios:

António Barreto, presidente do júri, fala sobre a pobreza infantil

Carlos Farinha, membro do júri

Ana Nogueira, psicóloga da Fundação Santa Rafaela Maria

 
06/08/2020

Jogos tradicionais, jogos modernos, bailes e muita animação!

[…]
06/08/2020

Um porto seguro inclusivo

[…]
06/08/2020

Aprender a Vencer

[…]
06/08/2020

Pintura, música e movimento dão sentido às emoções

[…]
06/08/2020

O Circo, transformador pessoal e social

[…]
06/08/2020

Estímulo à igualdade no acesso aos cuidados especiais

[…]
06/08/2020

Estimular competências em ambiente natural

[…]
06/08/2020

Observar, valorizar e guiar para a autonomia

[…]
06/08/2020

Construir um Porto de Abrigo

[…]
06/08/2020

Prevenir o Ciberbullying

[…]
 
Bitnami